Um ataque da aviação do regime sírio na província de Deraa, no sul do país, causou hoje a morte a pelo menos 16 pessoas, das quais 13 eram crianças, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

O grande número de crianças falecidas resultou de o ataque ter sido dirigido a uma escola corânica, onde estudavam, na localidade de Al Garia Oriental.

O bombardeamento causou também vários feridos, alguns dos quais estão em estado grave, pelo que aquela organização não-governamental admite que o número de vítimas mortais aumente.