Os ministros do Partido do Povo e da Liberdade (PDL), do ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi, apresentaram a demissão do Governo de coligação, anunciou o porta-voz do partido, Angelino Alfano, neste sábado.

Os ministros consideraram «inaceitável» o «ultimato» do primeiro-ministro, Enrico Letta, que pediu na sexta-feira uma clarificação ao Parlamento sobre o apoio do centro-direita de Berlusconi ao seu Governo de coligação, disse o porta-voz.

O apelo de Letta foi feito depois de a instabilidade na coligação ter impedido a aprovação de medidas orçamentais consideradas urgentes pelo primeiro-ministro.