A Tailândia tornou-se no primeiro país da região da Ásia-Pacífico a erradicar a transmissão do Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH) e a sífilis de mãe para filho, informou hoje a Organização Mundial de Saúde (OMS).

A OMS também reconheceu o país asiático como o primeiro com um grande número de afetados que consegue o que a organização qualificou como um “feito extraordinário” e “um passo crucial para reduzir a epidemia do VIH”.

“A Tailândia mostrou ao mundo que o VIH pode ser derrotado”, disse o diretor regional para o sudeste da Ásia da OMS, Poonam Khetrapal Singh, em comunicado.

Aproximadamente 21 mil crianças nascem anualmente com VIH na região da Ásia-Pacífico, onde existem cerca de 200 mil menores afetados.