Um palestiniano, próximo do alegado autor de um ataque anti-israelita e que estava internado em Hebron, foi morto nesta madrugada durante uma operação das forças especiais israelitas no hospital, indicou o Ministério da Saúde palestiniano.

“Abdallah Azzam Shalaldeh, de 27 anos, foi morto por uma unidade [formada por soldados infiltrados] no hospital de Hebron”, na Cisjordânia, referiu o ministério palestiniano.

O Shin Bet, serviço de segurança interna israelita, confirmou o raide, indicando que as forças israelitas dispararam quando o homem, que se acredita ser próximo de Shalaldeh Azzam, autor de um ataque com faca em setembro último, tentou opor-se à detenção.