O FBI divulgou, esta quarta-feira, os retratos-robô de dois suspeitos do sequestro misterioso de uma mulher, em novembro do ano passado, em Redding, norte da Califórnia, Estados Unidos.

Sherri Papini, de 34 anos, foi sequestrada a 2 de novembro de 2016, enquanto corria, perto de casa. O alerta foi dado pelo marido, à noite, quando chegou a casa do trabalho e percebeu que a mulher não tinha ido buscar as crianças à escola. O telemóvel de Sherri foi encontrado no sítio onde tinha sido vista pela última vez, a cerca de 1500 metros de casa.

Durante três semanas, nada se soube de Sherri, até que foi encontrada a vaguear na berma de uma estrada, no condado de Yolo, também no norte da Califórnia. Foi encontrada por um motorista, que alertou as autoridades. A mulher estava seminua, com evidentes sinais de maus tratos, tinha o cabelo cortado, o nariz partido e escoriações em várias zonas do corpo, sobretudo na cintura e nos pulsos.

Sherri Papini foi sequestrada há um ano e libertada três semanas depois. Até hoje, desconhece-se o motivo do rapto. (Foto: Reprodução Facebook)

De acordo com o LA Times, a mulher disse à polícia que tinha sido atirada para fora de um carro por um dos seus raptores, que descreveu como uma mulher hispânica. Na altura, foi detetado DNA de duas pessoas estranhas no corpo e roupas de Sherri. Um pertencia a uma mulher e outro a um homem.

Logo na altura, a polícia excluiu que esse DNA encontrado fosse do seu marido. Aliás, desde cedo que a polícia excluiu qualquer envolvimento do marido de Sherri neste sequestro. O homem chegou a ser, logo no início, submetido a um polígrafo, mas foi ilibado.  

O FBI divulga agora, um ano depois, dois retratos robôs, um homem e uma mulher, que descreve como hispânicos, e oferece 10 mil euros (quase 8500 euros) de recompensa por qualquer pista que possam conduzir à sua identificação.

Os suspeitos, acrescenta o FBI foram vistos pela última vez a conduzir um SUV de cor escura. A mulher, que terá entre 20 e 30 anos, tem cabelo comprido encaracolado e sobrancelhas finas. O homem, mais velho, entre os 40 e os 50 anos, tem cabelo igualmente comprido, mas liso, e sobrancelhas grossas.