Um vídeo filmado a partir do ar dá conta da extensão dos danos provocados pelo deslizamento de terras, que  soterrou 33 edifícios, em Shenzhen, na China, no domingo. As operações de resgate continuam, para tentar encontrar as 85 pessoas que ainda estão desaparecidas. Há um morto confirmado.

As imagens mostram as infraestruturas destruídas ou parcialmente “engolidas” pela lama. É possível ver também fumo.

O Ministério da Terra e dos Recursos Naturais chinês já veio a público dizer que o desastre se deveu à excessiva acumulação de resíduos de construção e terra.

Os moradores de Shenzhen acreditam que o incidente podia ter sido evitado, pois os detritos de construção nunca deveriam ter sido armazenados na pedreira situada acima do complexo industrial.

De acordo com a BBC, centenas de membros das equipas de salvamento continuam a tentar encontrar sobreviventes por entre os escombros. Sete pessoas foram já resgatadas com vida.

Cerca de 900 pessoas foram evacuadas das áreas em torno do incidente.