Um comando de rebeldes islamitas ‘shebab’ atacou, na quinta-feira à noite, um restaurante situado numa praia de Mogadíscio matando nove pessoas, sete meses após um atentado semelhante num hotel nas proximidades.

Nove pessoas morreram no ataque, incluindo dois rebeldes `shebab`", disse à agência de notícias France Presse o porta-voz da cidade de Mogadíscio, Abdifatah Halane.

Num primeiro momento, um suicida fez explodir um carro-bomba nas proximidades do estabelecimento, pouco antes de um comando de pelo menos dois homens fortemente armados entrarem no restaurante.

Muito rapidamente, uma rajada de metralhadora irrompeu entre os atacantes refugiados no restaurante e as forças de segurança, que tiveram de trabalhar com segurança, que também foram atacadas com granadas.

O grupo ‘shebab’ reivindicou a responsabilidade pelo ataque de quinta-feira no site da sua estação de rádio, Andalus, pouco depois do início do mesmo.