Vários famosos estão a boicotar um dos mais conhecidos hotéis de Los Angeles: o Beverly Hills Hotel.

O boicote deve-se à implementação da lei de sharia no sultanato de Brunei, país governado pelo sultão que é proprietário da unidade hoteleira.

Algumas celebridades juntaram-se à população de Beverly Hills numa série de protestos contra a gerência do hotel, um grupo de investidores controlado pelo sultão do Brunei, que implementou no pequeno país asiático, há cerca de uma semana, a sharia, a lei islâmica que condena severamente os homossexuais e adúlteros.

Num voto unânime, a cidade de Beverly Hills decidiu, na terça-feira, pressionar o governo do Brunei a vender os hotéis que detém, pertencentes à cadeia Dorchester.

Os comediantes Jay Leno e Ellen Degeneres estão entre os famosos que apoiam a causa.