O piloto do avião da companhia aérea paquistanesa Shaheen Air viu-se obrigado a fazer uma aterragem de emergência esta terça-feira, depois de os pneus do aparelho terem explodido. 

O voo NL142 partiu de Karachi, a cidade mais populosa do Paquistão, e como os seus pneus explodiram, teve de fazer a aterragem em Lahore, a cerca de 1030 quilómetros do aeroporto de partida. 

Todos os passageiros foram retirados do avião com segurança e, apesar do aparato, só cerca de 10 pessoas receberam tratamento para ferimentos leves.