A Coreia do Sul confirmou este domingo que foi detetado um caso de gripe aviária num mercado no sul de Seul, o mais recente do novo surto da doença, que já causou elevados prejuízos.

O contágio foi registado num frango no mercado tradicional de Moran, na província de Gyeonggi, perto da capital, informou em comunicado o Ministério da Agricultura e Alimentação, cita a Lusa.

Todos os estabelecimentos que vendiam carne de aves no mercado foram encerrados.

Para além disso, 3.200 produtos frescos e processados foram destruídos como medida de prevenção.

Também nos EUA, a 17 de dezembro, foi confirmado um surto de gripe aviária em aves selvagens no condado de Whatcom, no estado de Washington. No Japão, também. E igualmente em território europeu.