Um cidadão britânico residente na Serra Leoa testou positivo na infeção com o vírus Ébola, confirmou, este sábado, o Departamento de Saúde do Reino Unido, em comunicado.

Os peritos médicos estão atualmente a avaliar a situação, «para garantir» assistência consular e «os cuidados adequados» ao cidadão, o primeiro infetado de origem britânica confirmado até agora.

John Watson, responsável médico adjunto do Serviço Nacional de Saúde (NHS) britânico, referiu que, «o risco para os cidadãos do Reino Unido continua a ser baixo».