A adoção de novas sanções pelo Congresso dos Estados Unidos contra a Rússia, podem destruir as perspetivas de normalização das relações com Moscovo, afirmou esta quarta-feira um membro do governo russo.

O que se está a passar não se enquadra no contexto do bom senso. Aqueles que aprovaram este projeto de lei estão a colocar-se seriamente na direção da destruição das perspetivas de normalização das relações com a Rússia”, disse o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Riabkov, à agência pública TASS.

A câmara baixa do Congresso dos Estados Unidos adotou na terça-feira, por maioria, novas sanções contra a Rússia, um projeto lei que provocou reações em Moscovo e em vários países da Europa, porque a proposta permite também sancionar empresas europeias.

A Rússia adverte que esta ação pode motivar uma resposta similar de Moscovo.

O ministro dos Negócios Estrangeiros afirmou anteriormente que a Rússia pode vir a ponderar a expulsão de vários espiões norte-americanos em solo russo, em resposta à expulsão de 35 diplomatas no ano passado.