A Rússia responderá a qualquer ataque aos seus interesses na Ucrânia como fez na Geórgia em 2008, através de uma intervenção militar, afirmou hoje o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov.

«Se os nossos interesses legítimos, os interesses dos russos, forem atacados diretamente, como foram, por exemplo, na Ossétia do Sul (república separatista da Geórgia), não vejo outra maneira de responder, no respeito pelo direito internacional», disse Lavrov ao canal de televisão RT.

«Um ataque contra cidadãos russos é um ataque à Rússia», acrescentou.