As autoridades mexicanas resgataram 39 migrantes alegadamente sequestrados no estado de Sonora, no norte do México, e detiveram quatro pessoas, informou, esta sexta-feira, a Procuradoria-Geral da República.

«Através do uso de tecnologia, com destaque para as imagens de satélite, conseguiu-se identificar o imóvel onde se encontravam os imigrantes, localizado a escassos cem metros da fronteira», disse o diretor da Agência de Investigação Criminal da Procuradoria, Tomás Zerón.

O exército e a polícia estatal mexicana também participaram na operação que resultou no resgate de 26 mexicanos e 13 estrangeiros que pretendiam alcançar o território norte-americano.