Atualizado às 08:47

O indivíduo alegadamente responsável pelo sequestro de um avião da Ethiopian Airlines, que aterrou de emergência esta manhã em Genebra, foi detido, disse um porta-voz do aeroporto à imprensa suíça. De acordo com as autoridades, citadas pela Reuters, o pirata era o próprio copiloto do aparelho.

Este aproveitou uma ida do piloto à casa-de-banho e assumiu o controlo do avião. Logo após aterrar, utilizou uma corda e saiu pela janela do Boeing.

Todos os passageiros abandonaram já aparelho, sãos e salvos, acrescentou o porta-voz do aeroporto, Bertrand Stampfli.

O avião, um Boeing 767, aterrou no aeroporto da cidade suíça cerca das 06:20 locais (05:20 em Lisboa).

O avião da Ethiopian Airlines voava hoje de Adis Abeba para Roma. De acordo com a imprensa suíça, o pirata pediu asilo político.

A aterragem do aparelho em Genebra obrigou ao encerramento da infraestrutura e ao desvios de voos para outros aeroportos.