Num clima de medo e incerteza, os australianos juntaram-se para apoiarem a população islâmica, que se poderá tornar um alvo devido ao sequestro num café na Praça Martin, em Sidney. Para demonstrar o seu apoio aos cidadãos islâmicos, residentes em Sidney, foi criada uma hashtag #illridewithyou.
 
A hastag #illridewithyou já alcançou mais 90 mil tweets, com vários australianos a assumirem-se perante o sentimento anti-islâmico devido ao sequestro na Praça Martin.
 
Foi a jovem australiana Rachael Jacobs que inspirou a campanha, depois de fazer uma publicação no Facebook sobre o seu encontro com uma mulher islâmica.
 
«…e a mulher islâmica sentada ao meu lado no comboio silenciosamente retira o seu hijab. Corri atrás dela na estação. Disse-lhe: ‘Coloca-o de volta. Eu caminho contigo’. Ela começou a chorar e abraçou-me durante um minuto, depois caminhou sozinha», escreveu Jacobs.  
A publicação inspiradora circulou nas redes sociais, antes de outra mulher australiana, conhecida no Twitter como @sirtessa, publicar uma imagem da publicação de Jacobs. A jovem escreveu um tweet a dizer:
 
«Se apanham regularmente o autocarro 373, vestem roupas religiosas e não se sentem seguros sozinhos: eu caminharei convosco».
Pouco depois decidiu criar a hastag, que começou a ser utilizada por vários cidadãos australianos, a oferecerem-se para acompanhar quem necessite.