O último de três alemães raptados na Síria há três meses e meio encontra-se em liberdade, tendo-se refugiado na Turquia, informou, esta quarta-feira, a organização não governamental alemã Grünhelme (Capacetes Verdes) à qual pertence.

«O capacete verde Ziad Nouri está em liberdade», anunciou a organização em comunicado ao explicar que o alemão conseguiu passar a fronteira síria para a Turquia na terça-feira.

Ziad, um engenheiro, foi raptado com outros dois alemães «capacetes verdes» a 15 de maio na localidade síria de Harem, próxima da fronteira turca, onde a organização renovava um jardim de infância.