As forças de segurança do Peru anunciaram, este domingo, terem resgatado três menores mantidos reféns pela guerrilha Sendero Luminoso, numa operação em que foram detidas duas mulheres e descoberto um armazém com equipamentos militares.

A operação, que contou com membros das Forças Armadas e da Polícia Nacional, foi lançada após localizada uma coluna do grupo que mantinha em cativeiro menores de idade no distrito de San Martín de Pangoa, na selva da região central de Junín, indica um comunicado emitido pelas autoridades peruanas.

As crianças resgatadas vão ser transferidas para a capital peruana, Lima, para que lhes seja facultada a assistência e proteção necessárias.