Centenas de milhares de funcionários do serviço de saúde nacional britânico (NHS) foram convocados para aderir a uma greve parcial, convocada para esta segunda-feira, a primeira desde 1982, depois de o Governo ter recusado aumentar salários.

Os funcionários, incluindo enfermeiros, planeiam levar a cabo uma paralisação de quatro horas, entre as 07:00 e as 11:00 (mesma hora em Lisboa).

A iniciativa tem como objetivo elevar a pressão sobre o ministro da tutela, Jeremy Hunt, que rejeitou recomendações apresentadas por uma entidade independente para um aumento salarial na ordem de 1% para todo o pessoal do serviço de saúde.