Uma centena de aviões de 15 países e mais de 1.300 pessoas participam desde segunda-feira em Saragoça, Espanha, no exercício NATO Tiger Meet 2016, com manobras de armamento simulado para treino de combate real.

A anfitriã do exercício é a Ala 15, da Força Aérea espanhola, com base em Saragoça e que reúne, até 26 de maio, 24 esquadrões da Tiger Meet Association (NTA), que têm em comum um tigre como emblema.

O coronel que comanda o esquadrão espanhol, José Manuel Cuesta, apresentou esta terça-feira à imprensa pormenores do exercício, organizado anualmente num país diferente e, este ano, pela terceira vez em Espanha.