Uma dezena de homens armados invadiu quinta-feira à noite um centro de treino da polícia em São Paulo e levou armas e munições, indicou um responsável da segurança local, segundo noticia a Lusa.

O grupo roubou 12 espingardas e 40 pistolas e revólveres, assim como 60 mil cartuxos de espingardas, disse à imprensa o secretário para a Segurança Pública de São Paulo, Ronaldo Marzagão.

Uma dezena de homens fortemente armados irrompeu no centro de treino, situado no Sudeste da cidade, quando neste estava apenas um vigilante.

A polícia federal dirigirá o inquérito e mais de 240 agentes foram mobilizados para tentar encontrar os assaltantes, acrescentou Marzagão.

Segundo a imprensa, a polícia teme que o arsenal roubado venha a cair nas mãos do primeiro comando da capital (PCC), a mais poderosa organização criminal de São Paulo, que foi responsável por actos de violência que causaram 170 mortos no Estado de São Paulo, em Maio de 2006.