A Polícia Militar deteve 19 pessoas na região do Guarujá, no litoral do estado do São Paulo, no Brasil, depois de uma série de arrastões nas praias, levados a cabo com extrema violência. Um dos arrastões ocorreu logo após os fogos-de-artifício da passagem de ano.
 
 
 
 
De acordo com a imprensa brasileira, os assaltantes agiram com extrema violência. Exigiram os pertences das vítimas, como joias, máquinas fotográficas e telemóveis.
 
Entre os detidos, estão dois adolescentes com 13 anos. Foi também apreendido um revolver
 
Houve quem esperasse mais de 12 horas para poder registar a queixa do assalto, tal era o movimento nas esquadras da região.
 
 
Turistas e habitantes temem agora pelas idas à praia. Há quem tenha deixado de ir, mas há quem vá e tenha optado por deixar em casa qualquer bem de valor, incluindo alianças de casamento.