Uma jovem de 17 anos morreu a fazer bungee jumping em Espanha.

O incidente aconteceu perto de Santander na sequência de um mal-entendido. A holandesa não terá compreendido as instruções do técnico que a estava a equipar e saltou sem que as cordas estivessem completamente seguras.
 
A menor lançou-se de um viaduto com 32 metros de altura, convencida de que iria baloiçar por baixo da ponte, mas acabou por ter morte imediata.
 
A holandesa de 17 anos estava de férias com um grupo de mais 13 jovens e praticava pueting, uma forma modificada de bungee jumping, que consiste em saltar de pontes e balançar no final do salto em suspensão, uma atividade recorrente nos pacotes de férias da região de Santader.
 
As autoridades espanholas garantem no entanto desconhecer que se efetuavam saltos naquele ponto, classificando o local como de alto risco.

Este é o segundo caso em Espanha em três semanas. A 22 de julho, uma jovem britânica com origem portuguesa morreu quando praticava bungee jumping numa ponte com cerca de 80 metros de altura, em Granada.