A força aérea da Indonésia revelou esta quinta-feira que uma falha do motor terá estado na origem do acidente do avião militar que se despenhou, na terça-feira, num bairro residencial em Medan, na ilha de Samatra, fazendo 142 mortos.

Um comandante da força aérea indonésia, Agus Dwi Putranto, disse aos jornalistas que, segundo dados de uma investigação preliminar, o avião, um Hercules C-130, voava muito lentamente devido a um problema num dos quatro motores.

“É provável que uma hélice tenha parado. O avião, que voava muito lentamente, fez uma guinada à direita e embateu contra a antena de um edifício”, explicou o mesmo responsável.


O avião militar, um Hercules C-130, despenhou-se pouco após a descolagem. 

O local do acidente fica a cerca de cinco quilómetros de base de onde tinha saído. Este poderá ser o acidente mais mortal da história da Força Aérea Indonésia que conta, infelizmente, com um longo historial de acidentes.