“Hoje, enquanto estava a entregar o correio no prédio, vi-o a ler anúncios e ele perguntou-me se tinha mais correio para ele ler. Ele disse-me que aquilo que queria era ter livros para ler. Eu disse-lhe que a biblioteca tinha muitos, mas ele confessou que a família não tem carro e que não tinha dinheiro para pagar os transportes”, pode ler-se na publicação. “Por favor, partilhem e vamos arranjar montes de material para ele ler!”.

“Grande parte dos miúdos desta idade só querem jogos eletrónicos! É maravilhoso poder ver o seu desejo e deviam ter visto a felicidade dele quando disse que podia ajudar!”  






“Disseram-me: ‘estes livros são para ti’. Pensei que estavam enganados, mas afinal eram mesmo para mim!”, disse, contente, ao jornal local de Salt Lake City.


 

This is just a few.. the mail has barely started coming in... I'll post more soon

Posted by Ron Lynch on  Terça-feira, 28 de Julho de 2015