"Decreto um aumento de 30% do salário mínimo vital, 30% das pensões e estou decretando um aumento de toda a escala da administração pública e das Forças Armadas", disse.

Nicolás Maduro falava em Caracas no final de uma marcha que assinalou o Dia do Trabalhador, na qual participaram milhares de venezuelanos contra o imperialismo norte-americano.