O japonês Sakari Momoi, reconhecido pelo Guiness como o homem mais velho do mundo, morreu em Tóquio, aos 112 anos de idade, informou a imprensa nipónica.

Segundo a Associated Press, o idoso morreu de insuficiência renal, no domingo, num lar, em Tóquio.

Sakari Momoi nasceu a 05 de fevereiro de 1903 na localidade de Minamisoma (prefeitura de Fukushima, no centro do Japão), e tinha sido referido pelo Guiness como o homem mais velho do mundo em agosto do ano passado.

O sucessor de Sakari Momoi, como o homem mais velho do mundo, é outro japonês: Yasutaro Koide, de 112 anos, nascido em Março de 1903.

A pessoa mais velha do mundo continua a ser Susannah Mushatt Jones, de Nova Iorque, que celebrou o 116º aniversário na passada segunda-feira.