Sadiq Khan venceu as eleições, realizadas esta quinta-feira, para a Câmara de Londres com 44% dos votos contra 35% de Zac Goldsmith.

O muçulmano era o claro favorito à presidência e as projeções divulgadas pelo The Guardian avançam que a vitória do trabalhista face ao conservador multimilionário Zac Goldsmith , de ascendência judaica. Os resultados oficiais do escrutínio, que decorreu quinta-feira, são aguardados durante a noite de hoje.

A câmara da capital britânica assim volta a ser liderada pelo Partido Trabalhista, depois de oito anos nas mãos do "mayor" conservador Boris Johnson, que decidiu não se recandidatar.

Após serem conhecidos os primeiros resultados, o chefe do 'Labour', Jeremy Corbyn, felicitou Khan pela vitória através do Twitter.

Parabéns, @SaqiqKhan. Estou impaciente de trabalhar contigo para fazer de Londres uma cidade justa para todos”.

 

 

Londres acaba por ser o prémio de consolação para os trabalhistas, que tiveram um resultado desastroso nas eleições regionais escocesas. Os trabalhistas perderam 13 deputados e foram ultrapassados pelo Partido Conservador como segunda força política no Parlamento Regional de Edimburgo.

Os independentistas do partido nacional escocês vão continuar à frente do governo regional, embora tenham perdido a maioria absoluta.

A campanha foi marcada por acusações de antissemitismo e extremismo contra Khan, vindas até do primeiro-ministro David Cameron.