A chanceler alemã Angela Merkel e o presidente norte-americano Barack Obama falaram, esta quinta-feira, por telefone sobre a situação na Ucrânia e apelaram a Moscovo para que atue junto dos «separatistas ucranianos» para fazer cumprir um cessar-fogo.

De acordo com um comunicado da chancelaria alemã, Merkel e Obama «salientaram a importância de um cessar-fogo urgente cumprido pelas duas partes» envolvidas no diferendo.

Os dois governantes defenderam que, «neste quadro, a Rússia deve contribuir e atuar junto dos separatistas do leste da Ucrânia para que o cessar-fogo seja respeitado».