O Governo canadiano deu 24 horas a nove militares russos que participam em programa de treino no país para abandonarem o Canadá depois de Otava ter suspendido segunda-feira a cooperação militar com Moscovo.

A cadeia de televisão canadiana CTV explicou quinta-feira que os nove militares russos estão no país porque participam em programas de cooperação estabelecidos entre as forças armadas de ambos os países.

Seis dos militares estão na escola de liderança e recrutamento das forças canadianas em Saint-Jean-sur-Richelieu, nos arredores de Montreal, onde aprendem francês e inglês.