O Presidente russo, Vladimir Putin, ordenou o fim dos exercícios militares nas regiões fronteiriças com a Ucrânia, anunciou hoje o Kremlin, pedindo a Kiev para retirar imediatamente as tropas da zona oriental ucraniana.

«Uma vez que chegou ao fim o treino das tropas, previsto na primavera, que incluía movimentos nas regiões de Rostov, Belgorod e Bryansk, o Presidente russo ordenou que as tropas a participar nestes exercícios regressem às bases permanentes», de acordo com uma declaração enviada às agências noticiosas russas.

As tropas russas estão destacadas, desde março, nas três regiões que fazem fronteira com a Ucrânia, o que levou as novas autoridades de Kiev, bem como os países ocidentais, a considerar a possibilidade de uma invasão russa.