Mergulhadores recuperaram, esta quarta-feira, de um lago russo, um pedaço de um meteoro que caiu em Chelyabinsk, em fevereiro deste ano.

A rocha espacial terá caído no lago Chebarkul, abrindo um buraco de seis metros de largura no gelo que cobria o lago na altura.

As imagens mostram uma equipa de resgate a puxar um pedaço de rocha com 1,5 metros de comprimento e depois a ser embrulhado num material especial antes de ser retirado da água. Após este procedimento, a rocha foi então levada para a margem do lago, sendo arrastada numa chapa metálica, e colocada numa balança. No entanto, a pesagem não correu bem, porque a rocha partiu em três pedaços e a balança, ao atingir os 570 quilos, estragou-se.

Caso seja confirmado que se trata de um meteoro, que se encontrava a 13 metros de profundidade, este será o maior fragmento já encontrado.

Mais de mil pessoas ficaram feridas quando o meteoro, de cerca de 17 metros, caiu na Rússia a 15 de fevereiro.