A decisão de Barack Obama em cancelar o encontro com Vladimir Putin marcado para o próximo mês dexiou o Kremlin «desapontado».

A reação da Rússia é veiculada pela agência Reuters citando um acessor de política externa do presidente russo.

Yuri Ushakov foi claro quando atribuiu esta decisão ao caso Snowden, a quem os russos garantiram asilo; o que também motivou o desapontamento dos EUA.

O responsável russo adiantou, no entanto, que o convite para Obama visitar Moscovo mantém-se.

Barack Obama confessou na terça-feira que ficou «desapontado» com a Rússia por ter concedido asilo a Edward Snowden.