O fotógrafo russo Andreï Stenine, desaparecido desde 5 de agosto, morreu na Ucrânia, revelou esta quarta-feira a agência de notícias russa Ria Novosti.

«O nosso colega, o fotógrafo Andreï Stenine, morreu. (...) Concluiu-se que ele não é prisioneiro. (...) Ele morreu há um mês», declarou Dmitri Kiselev, da direção da agência, citado pela Lusa.

«A sua viatura foi alvejada por tiros e incendiada numa estrada perto de Donetsk», um dos bastiões dos separatistas pró-russos e epicentro do combate contra as forças leais no leste da Ucrânia, afirmou Kiselev num comunicado difundido em várias televisões russas.