A polícia russa deteve, esta quinta-feira, um homem que transportava 800 gramas de explosivos e uma granada de mão a bordo de um autocarro de passageiros com destino a Moscovo, informou esta sexta-feira o Ministério do Interior da Rússia.

O homem, de 30 anos, foi detido a cerca de 1400 quilómetros a sudeste da capital russa, indicou um porta-voz do ministério, citado pelas agências de notícias russas, acrescentando que o autocarro estabelecia a ligação entre Neftekumsk e Moscovo.

A identidade do detido, que tinha na sua posse carregamentos de TNT (trinitrotolueno), com um peso total de 800 gramas, e uma granada de mão F-1, não foi, porém, revelada.