O Presidente da Bielorrússia, Alexandre Lukachenko, afastou, este sábado, Mikhail Myasnikovich do cargo de primeiro-ministro. A decisão surge numa altura em que o país enfrenta um contexto económico pressionado pelos efeitos da desvalorização do rublo russo.

Mikhail Myasnikovich, em funções desde dezembro de 2010, foi substituído pelo chefe do gabinete de Lukachenko, Andrei Kobiakov, de 54 anos, indicou a Presidência bielorussa, citada pela Lusa.

Lukachenko também substituiu o chefe do Banco Central, bem como outros altos responsáveis do executivo bielorusso, incluindo os ministros da Economia e da Indústria.