A bandeira americana oferecida à família de um bombeiro que perdeu a vida no 11 de Setembro foi roubada. Mas, quatro dias depois, os ladrões devolveram-na, com uma nota que dizia: «Peço imensa desculpa, não fazia ideia.»



Melissa Brengel, irmã de Jonathan Ielpi, que morreu nas Torres Gémeas, afirmou ter encontrado a bandeira perto da sua residência em Long Island, na sexta-feira, quando acordou. Assim como tinha desaparecido há quatro dias, a bandeira reapareceu misteriosamente.

«A bandeira tem um enorme significado para mim e para a minha família. Estamos muito contentes e gratos que a tenham devolvido para que a possamos pendurar. Desta vez vamos colocá-la num local próprio e vai ser pendurada dentro de casa», publicou Brengel na página do Facebook.

Brengel afirmou que era raro pendurar a bandeira fora de casa, apenas em algumas épocas do ano.

«Não sei quem a tirou nem porquê. Presumo que tivessem as suas razões. Fico contente que tenham posto a mão na consciência», acrescentou