Forças armadas israelitas informaram ter bombardeado durante a noite uma instalação destinada ao fabrico de armas em Gaza em resposta ao disparo de um ‘rocket’ a partir da Faixa, que atingiu o sul do país sem causar feridos.

Ao início da noite, o exército israelita tinha anunciado a queda de um ‘rocket’ procedente de Gaza, na zona de Eshkol, “sem que tenham sido registados feridos ou danos”.

“Em resposta, as forças armadas israelitas apontaram o alvo a uma fábrica de armas do Hamas situada na parte central da Faixa de Gaza”, informou em comunicado.


Os ataques coincidiram com o primeiro aniversário da trégua entre Israel e as milícias palestinianas do enclave costeiro com o movimento islamita Hamas à cabeça, a qual pôs fim a 51 dias de conflito no qual morreram mais de 2.200 palestinianos (na sua maioria civis) e 73 israelitas (na sua maioria soldados).

Israel e Hamas acordaram um cessar-fogo, em 26 de agosto de 2014, respeitado em grande medida, com pontuais violações protagonizadas por ambos os lados.

Segundo dados do exército israelita, ao longo dos últimos meses, foram disparados a partir da Faixa de Gaza 36 ‘rockets’, dos quais 11 caíram em território israelita.