Quinta-feira não foi um dia fácil para o Mayor de Toronto que, nas últimas semanas, tem estado nas bocas do mundo devido ao seu consumo de drogas ilícitas. A sua nova polémica envolve acusações relacionadas com «sexo oral», feitas por uma funcionária da autarquia.

Após ser confrontado pelos jornalistas com o assunto, Rob Ford, de 44 anos de idade, respondeu que «tinha mais do que suficiente para comer em casa e que era bem casado», escreve o jornal britânico «Daily Mail».

Horas depois, o autarca convocou uma conferência de imprensa, com a sua mulher ao lado, para pedir «desculpa pela linguagem imprópria e demasiado gráfica».

Quarta-feira foram revelados alguns documentos, na posse da polícia, em que vários colegas dizem que este «já conduziu embriagado», «consumiu drogas», esteve com «prostitutas» e ofereceu «sexo oral a uma funcionária» da autarquia.

Cedo pela manhã, confrontado pelos jornalistas quanto às novas revelações, o Mayor que já admitiu ter consumido droga, disse que eram «mentiras ultrajantes» apesar de aceitar ser possível ter conduzido após beber. Foi quando os repórteres abordaram a proposta sexual, descrita por uma funcionária que Rob Ford «explodiu» e respondeu que «tinha mais do que suficiente para comer em casa e que era bem casado».

«Reagi por impulso», afirmou horas depois, acrescentando que tem estado sujeito a muito «stress» nos últimos tempos. «A minha integridade como pai e marido foi atingida», acrescentou. Em seguida, disse que se sente «desiludido» com tudo o que tem sido dito por pessoas com quem trabalha.

O autarca admite ainda processar os seus colegas «pelo que disseram às autoridades» e uma empregada que garantiu que este consumiu cocaína no restaurante onde trabalha, em 2012.

Apesar dos apelos feitos pela Assembleia Municipal para que se «retire ou tire uma licença», Rob Ford garante que não vai abandonar o cargo e que se vai recandidatar em outubro de 2014.

Certa, parece ser a estreia de um programa de televisão na próxima segunda-feira, intitulado «Ford Nation», que o Mayor de Toronto vai estrear juntamente com o seu irmão, Doug Ford. As polémicas recentes, relacionadas com drogas, tinham levado ao cancelamento do popular programa de rádio que os dois irmãos tinham.