Um crocodilo com 4,71 metros e 600 quilos foi capturado, segunda-feira, no rio Katherine, no norte da Austrália, e a sua estatura é comparada à de um carro, refere o jornal australiano The Katherine Times.

Os rangers Chris Heydon e John Burke foram quem conseguiu apanhar o réptil gigante, que procuravam desde 2010, data em que foi visto pela primeira vez. O objetivo da longa busca de oito anos foi isolar o animal de modo a evitar que “interagisse com os seres humanos”.

Nós capturamos crocodilos com cerca de quatro metros na maioria dos anos, mas nunca conseguimos um tão grande”, refere John Burke.

 

Chris Heydon e John Burke afirma que a captura de crocodilos com esta estatura não é comum, mas explicam que não foi difícil de fazer com recurso a sedativos.

Quando os crocodilos são tão grandes nós sedamo-los apenas e, por isso, não há hipóteses de sermos mordidos”, explica Heydon.

Os rangers já tinham observado três grandes crocodilos durante as buscas na área, mas nunca tinham conseguido capturar nenhum com estas dimensões. Este crocodilo é o maior alguma vez capturado na zona e estima-se que possa ter mais de 60 anos.

Capturar os crocodilos torna menor a probabilidade de encontrarmos um na cidade de Katherine”, sublinha Burke.

O réptil será “levado para uma quinta de crocodilos na região de Katherine”, afirma Tracey Duldig, diretora interina das Operações de Vida Selvagem no Território do Norte.

O maior crocodilo de água salgada alguma vez capturado por uma armadilha tinha pouco mais de cinco metros de comprimento.

Os crocodilos de água salgada matam, em média, duas pessoas por ano na Austrália. Desde 1970, a população destes répteis está a crescer, sobretudo porque são considerados uma espécie em vias de extinção e é proibido abatê-los. No entanto, perante ataques cada vez mais frequentes destes répteis, as pessoas apelam a que se reduza o número de espécimes. Surgiu assim a ideia de capturar os crocodilos de forma a promover uma maior segurança e garantir que os turistas continuam a visitar a região.