O modelo Rick Genest, conhecido como Zombie Boy (rapaz zombie, em português) por causa das tatuagens, foi encontrado morto em casa esta quarta-feira, no Canadá. O modelo, que participou num videoclipe de Lady Gaga, tinha 32 anos.

A imprensa internacional avança que terá sido suicídio.

Genest, natural de Montreal, era conhecido pelas tatuagens que cobriam quase a totalidade do corpo, incluindo a cara.

Era o detentor do recorde de tatuagens de ossos humanos, com um total de 139, estando entre estas as da cara que mostravam a estrutura da cabeça. Também era a pessoa no mundo com mais tatuagens de insetos com 176.

Numa mensagem deixada no Facebook, a empresa que agenciava o modelo, a Dulcedo Management, lamentou a sua morte, lembrando que Genest "era amado por todos os que o conheciam".

Como modelo, Genest trabalhou com o designer francês Thierry Mugler, foi capa da revista Vogue, na sua edição japonesa, e chegou a ser a imagem da marca de roupa do cantor Jay-Z, Rocawear.

Em 2011, Zombie Boy participou no videoclipe de “Born This Way” da cantora Lady Gaga.

No Twitter, a cantora lamentou a morte do modelo.

O suicídio do meu amigo Rick Genest, Zombie Boy, é mais do que devastador. Temos que trabalhar mais para mudar a cultura e trazer a saúde mental à tona e apagar o estigma de que não podemos falar sobre isso”, publicou a cantora.

Aos leitores, a artista deixou ainda um conselho: “Se estás em sofrimento, liga a um amigo ou a algum familiar hoje. Temos que nos salvar uns aos outros”.