Os restos mortais de 33 australianos mortos durante a Guerra do Vietname chegaram esta quinta-feira à Austrália depois de terem estado enterrados, durante décadas, em cemitérios militares da Malásia e Singapura.

Os caixões, cada um deles envolto na bandeira australiana, chegaram em dois aviões militares à base aérea Richmond, a noroeste de Sydney, onde foram recebidos numa cerimónia militar, noticia a Lusa.

O ex-primeiro-ministro australiano Tony Abbott anunciou em maio de 2015 que os soldados da Austrália mortos na guerra do Vietname e enterrados na Malásia e Singapura seriam levados de volta ao seu país.

"Nunca vamos poder recuperar aqueles que morreram em serviço ao nosso país, mas podemos e devemos oferecer consolo e apoio às famílias que deixaram", afirmou Abbott no Parlamento.

Os soldados australianos mortos na I e II Guerra Mundial e na Guerra da Coreia foram enterrados perto da zona onde morreram, mas esta política foi alterada durante o conflito com o Vietname.

Quase 60 mil militares australianos lutaram ao lado dos Estados Unidos no Vietname e 521 morreram.