O espanhol El Celler de Can Rocca foi considerado, esta segunda-feira, em Londres, o primeiro da lista dos 50 Melhores Restaurantes do Mundo e, pela primeira vez desde 2012, Portugal não está no top.

Aberto em 1986 pelos irmãos Jordan e Joseph Rocca, na localidade de Girona, Catalunha, é conhecido pelas experiências e técnicas inovadoras aplicadas na cozinha tradicional catalã.

Pela primeira vez desde 2012, Portugal não tem um representante no 'top 50', depois de o Vila Joya Joya, dirigido pelo chef austríaco Dieter Koschina em Albufeira, ter sido despromovido do 22.º para 98.º lugar na lista dos 100 melhores restaurantes do mundo.

No sentido inverso, o lisboeta Belcanto, do  português José Avillez, [duas estrelas Michelin] entrou pela primeira vez para a lista dos 100 melhores restaurantes do mundo, onde passou a ocupar o 91.º lugar.

O Dinamarquês Noma, vencedor quatro vezes nos últimos cinco anos, desceu este ano para terceiro lugar, enquanto o segundo foi ocupado pelo italiano Osteria Francescana.

A lista dos 50 Melhores Restaurantes do Mundo foi criada em 2002 e é organizada pela revista especializada Restaurant.
O evento pretende celebrar a excelência gastronómica e as novas tendências culinárias internacionais.

A lista é criada a partir dos votos de um grupo de quase 1.000 líderes internacionais da indústria da restauração, como críticos, escritores, chefs, gastrónomos e proprietários de restaurantes, divididos por 27 regiões.