A cadeia alimentar de fast-food KFC fez um pedido de desculpa, no domingo, depois de uma televisão chinesa ter dito que a água dos cubos de gelo do restaurante era pouco potável e continha elevados níveis de bactérias.

«Pedimos desculpa por isto», disse o KFC da China no blogue oficial «Sina Weibo» citado pelo site chinês «Caijing».

«O nosso departamento de qualidade já inspecionou o restaurante e ordenou os empregados a limparem e esterilizarem imediatamente as máquinas de gelo e outros equipamentos de acordo com os nossos padrões», revela a mesma fonte.

O canal chinês The China Central Television (CCTV), de acordo com o site «Caijing», revelou no sábado que os resultados de testes feitos de amostras de gelo nos restaurantes KFC, McDonald¿s e a cadeia chinesa Kung Fu, revelam elevados níveis de bactérias.

A quantidade de colónias de bactérias nos cubos de gelo do KFC «era dezanove vezes mais alta que o permitido na China e doze vezes maior que o registado na água das retretes», cita o site chinês.

O canal chinês CCTV tem, ao longo dos anos, atuado como fonte de exposição e fiscalização de segurança alimentar em várias cadeias de restaurantes na China.