Um rapaz de nacionalidade inglesa foi encontrado pela polícia espanhola, depois de ter sido trancado em casa pelo pai durante dois anos. Os vizinhos referiram que o rapaz mostrava magreza extrema, equivalente ao peso de uma criança de 12 anos, escreve o El País. Um vídeo da Polícia Nacional mostra a casa onde o rapaz e o pai viviam. Pode-se identificar grades nas janelas e muito lixo no espaço onde o rapaz estava fechado.

O rapaz é indiano, mas tem nacionalidade inglesa e encontrava-se numa casa no bairro de Rivas Vaciamadrid, na capital espanhola. O vídeo mostra as condições extremas em que vivia.

O jovem estava numa divisão muito pequena da casa, repleta de lixo. Os vizinhos disseram, ainda, que a acumulação de lixo provocou uma praga de ratos nas imediações.

Já o jornal britânico Daily Mail escreve que o pai mantinha o rapaz preso, em casa, por pensar que os vizinhos os queriam envenenar e que a máfia russa o estava a perseguir. Estes pensamentos persecutórios aparentam estar associados a doenças psicológicas que afetam o progenitor.

O rapaz tinha acesso muito limitado à Internet e conseguiu contactar a polícia após desbloquear alguns sites a que o pai tinha impedido o acesso. O jovem revelou que era alvo de agressões várias vezes por dia, não se podia alimentar em condições e o acesso à água era muito limitado.

Os vizinhos que testemunharam o resgate relataram aos órgãos de comunicação social que o jovem não pesava mais de 40 kg.

A vítima foi transportada para o hospital, onde foi submetido a exames médicos. Agora vive com a mãe e a irmã. Depois de contactar a polícia, o rapaz também contactou a irmã que confirmou o caso à polícia.

O pai foi criminalmente acusado por detenção ilegal e maus-tratos a familiar. Depois da acusação, o homem foi libertado sob fiança.