A Polícia Marítima anunciou hoje, em comunicado, ter resgatado na madrugada de sexta-feira, no Mar Egeu, 26 migrantes e um refugiado. As pessoas foram levadas para o porto de Skala Sikaminea, na ilha grega de Lesbos, “onde desembarcaram em segurança”, seguindo depois para o controlo de refugiados e migrantes.

No total foram resgatados 26 emigrantes e refugiados, dos quais 6 bebés e crianças, 4 mulheres e 16 homens, oriundos dos Camarões, Congo, Irão, Iraque e Síria”, referiu a Polícia Marítima no comunicado a que a Lusa teve acesso.

Segundo o documento, uma das mulheres resgatadas estava grávida de sete meses.

Uma equipa da Polícia Marítima integra desde 1 de outubro a missão “Poseidon Sea”, no âmbito da colaboração com a agência Frontex, que controla as fronteiras europeias.

A Polícia Marítima já resgatou e transportou para terra 3.397 refugiados e migrantes, dos quais 857 bebés e crianças, 736 mulheres.

Também no âmbito da colaboração com a agência Frontex, a Polícia Marítima deteve cinco facilitadores quando apoiava a guarda-costeira grega no combate ao crime transfronteiriço.

A Polícia Marítima vai permanecer na missão até 30 de setembro.