As mulheres na Arábia Saudita já podem reservar um quarto de hotel e hospedar-se sem a permissão nem a companhia de um homem, o que lhes abre a porta a uma maior liberdade de movimento neste país ultraconservador.

A Comissão Saudita de Turismo e Antiguidades ratificou uma norma que permite às mulheres pernoitar num hotel sozinhas, entre o ressentimento das correntes mais conservadoras do país, onde as mulheres precisam de um “mehrem” ou tutor legal para realizarem praticamente qualquer atividade fora de casa.

Com esta decisão, as mulheres não só poderão alojar-se sozinhas num hotel, como também terão maiores possibilidades de viajar e desempenhar outras atividades no interior do seu próprio país, onde estão sujeitas a férreas limitações.