Um pedófilo britânico condenado, ex-patinador que usava o desporto para seduzir jovens, concordou em regressar ao Reino Unido depois de ter sido detido em Hong Kong na sequência de um pedido de extradição.

Joseph Tsang, um fugitivo da polícia britânica que foi condenado em agosto por quatro acusações, incluindo duas de violação sexual, foi detido pelas autoridades de Hong Kong no mês seguinte, tendo ficado, desde então, em prisão preventiva.

“Ele deu o seu consentimento para regressar ao Reino Unido para a sentença”, disse hoje o advogado Oliver Davies à agência AFP, um dia depois de Tsang, de 31 anos, ter sido presente a juiz.