O ministro britânico da Sociedade Civil, Brooks Newmark, apresentou a demissão, depois de ter sido apanhado a enviar fotografias explícitas a uma jornalista, que se fez passar por uma jovem ativista. O ministro apresentou a demissão na sexta-feira, ainda antes de a reportagem ser publicada.



«Decidi demitir-me do cargo de ministro da Sociedade Civil depois de ter sido informado de uma história que será publicada na edição de domingo de um jornal», disse Brooks Newmark.



«Queria apelar para que a privacidade da minha família fosse respeitada neste momento. Continuo a ser um leal apoiante desde Governo, cujo plano económico a longo-prazo continua a funcionar a favor do povo britânico», acrescentou.



De acordo com a imprensa britânica, Brooks Newmark, de 56 anos, casado e pai de cinco filhos, trocou fotografias sexualmente explícitas com uma repórter freelance que se fez passar por uma jovem ativista. O ministro terá também convidado a repórter a encontrar-se com ele durante a conferência do Partido Conservador que começou este domingo.



«Não posso culpar mais ninguém que não eu próprio. Fui um tolo», disse, citado pela BBC.



O primeiro-ministro David Cameron já fez saber que aceita a demissão.