Dois acidentes fatais nas últimas 24 horas estão a suscitar preocupação em Londres quanto ao nível de segurança que os ciclistas têm na capital do Reino Unido.

O último acidente vitimou um homem que foi atropelado por um autocarro, por volta das 11:30 da noite desta quarta-feira.

A vítima ainda foi socorrida no local mas acabou por não resistir aos ferimentos e faleceu já no hospital.

No mesmo dia, durante a hora de ponta matinal, uma mulher de 24 anos, uma imigrante russa identificada como Venera Minakhmetova, morreu após colidir com um camião, quando tentava mudar de direção.

Estas duas mortes sobem para cinco o número de ciclistas mortos na capital britânica em apenas nove dias, 13 em todo o ano.

Os utilizadores de bicicletas querem que o presidente da câmara de Londres, Boris Johnson, repense o design das ruas da cidade para que sirva as necessidades dos ciclistas.

Martin Key do «British Cycling» disse à «Sky News» que, «embora as fatalidades com ciclistas sejam raras, está claro, agora mais que nunca, que o Governo e o concelho devem tomar medidas urgentes para desenhar pistas para ciclistas».

Boris Johnson disse à mesma fonte que milhões de libras estão a ser gastas para melhorar as ruas da capital, mas deixou um aviso.

«Não há engenharia suficiente que possa controlar as decisões irracionais, ou comportamentos de risco que os pedestres e ciclistas têm.»